Rio = +

Esta exposição é uma reportagem fotográfica em preto e branco documentada por Conceição Praun, sobre os arredores e os numerosos eventos paralelos que complementam a histórica conferência no Rio de Janeiro, “Rio +20”, organizada pelas Nações Unidas em junho passado. Praun correlaciona  esta exposição com as Conferências anuais das Partes (COP), desde quando iníciou seu envolvimento em 2009.

 

Praun, nasceu em Olinda, Pernambuco, no nordeste do Brasil. Ms. Praun desenvolveu um interesse nos processos complexos por trás da "câmara escura" (Dark Room) e aprendeu os princípios deste dispositivo óptico, durante sua estadia em Londres.

Tambem em Londres, Conceição organizou sua primeira exposicao fotografica seguida por outras. Logo depois Praun, mudou-se para Paris onde conheceu George Fevre (1930-2007), um mestre no  processo de revelação fotografica. Este foi tambem um aprendiz de Henri Cartier-Bresson, um dos maiores fotógrafos mundiais em reportagem. Baseada nestas circunstancias Praun desenvouveu um profundo apreço sobre a teoria de Bresson, 'l'instant décisif' (O instante decisivo).

Fevre se tornou um gande mentor para Praun, pois exerceu uma grande influência em sua carreira, influenciandoa a prometer em se concentrar nos contrastes metafísicos do preto e branco. Suas fotografias são baseadas na característica da espontaneidade sobre a realidade e composição, entre atmosferas claras e nebulosas.

Praun viaja pelo mundo procurando destacar as condições de circunstâncias sociais e ambientais, a fim de criar consciência sobre os comportamentos da sociedade.   "Cuidar do meio ambiente - é um dever que transcende a cultura, o socioeconômico e qualquer fronteira." – Conceição

 

Steve Cannonportugues, Tribes